RECOMEÇAR

19/09/2012 13:41

 

Recomeçar é uma das coisas mais difíceis na vida. A necessidade de um recomeço, por si só, significa que algo deu muito errado: fim de uma relação afetiva importante; demissão do emprego; morte de um ente querido; reconhecimento de erros sérios; perda da confiança de quem se ama; uma doença grave; etc.

Não é nada simples ficar de pé de novo e recomeçar – isto me lembra um samba muito popular, que aconselha: “levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima.” Eu mesmo já tive oportunidade de passar por isto, por duas vezes e posso garantir que não é nada fácil. Quem tenta recomeçar fica sujeito a um turbilhão de sentimentos: vergonha, medo de não conseguir, autopiedade, culpa, etc.

A Bíblia ajuda quem passa por esse tipo de situação mostrando o caso de diversas pessoas que tiveram que recomeçar e encontraram forças para fazer isso com a ajuda de Deus:

Recomeçar, porque a pessoa seguia ideias erradas

Paulo, antes de se tornar apóstolo, era um judeu sincero e ortodoxo que achava que o cristianismo era uma heresia. Por causa disto, perseguiu os cristãos e acabou participando do martírio de alguns deles, como o de Estevão.

Um dia, estava indo para a cidade de Damasco, justamente para liderar a perseguição aos cristãos locais, quando teve uma visão e ouviu uma voz: “Paulo, Paulo, por que me persegues?” Era Jesus Cristo, que o colocava de novo no caminho certo.

Paulo aceitou recomeçar, mas não foi nada fácil: teve que desdizer tudo o que tinha dito antes, enfrentou muita resistência, antes de ser totalmente aceito pelos cristãos, e carregou um estigma por toda a vida - ele mesmo se considerava o menor entre os apóstolos, por ter perseguido os seguidores de Cristo.

Mas, acabou se tornando um grande evangelista e o autor dos livros do Novo Testamento que verdadeiramente conceituaram a doutrina cristã, a partir do legado de Jesus.

Recomeçar ao reconhecer estar em pecado

Os publicanos eram judeus que assumiam o papel de coletar impostos em nome dos odiados romanos. Faziam isto explorando os próprios compatriotas, para lucrar com os excessos de arrecadação. Por isto tudo, os publicanos eram odiados e tidos como pecadores irrecuperáveis.

Zaqueu era o principal publicano numa cidade que Jesus estava visitando. Tinha baixa estatura e queria ver Jesus passar – o Mestre andava sempre no meio de numeroso grupo de pessoas. A única forma que Zaqueu encontrou, então, foi subir numa árvore. Ao passar embaixo dela, Jesus parou e disse, para surpresa de todos, que iria pernoitar na casa de Zaqueu. Isto era absolutamente inusitado, pois um Mestre deveria evitar ao máximo ter contato com pecadores, para não se contaminar.

Mas, Jesus pensava diferente. Zaqueu foi tão tocado por Jesus, que reconheceu seus pecados e prometeu restituir em dobro tudo aquilo que tinha roubado, para recomeçar sua vida em bases corretas. Ou seja, Zaqueu teve coragem de deixar o pecado para trás e pegar na mão que Jesus lhe estendia. E não deve ter sido nada fácil para ele mudar de vida, pois teve que abrir mão de muito dinheiro, mudar sua profissão e enfrentar a desconfiança das pessoas.

Recomeçar depois da perda de entes queridos

A história de Rute é uma das mais belas da Bíblia. Tudo começa com Noemi, que tinha dois filhos homens, um dos quais casado com Rute. A família morava fora de Israel, por isto as noras de Noemi não eram judias.

Noemi teve o infortúnio de perder o marido e os dois filhos. Ora, naquela época, as mulheres eram totalmente dependentes dos homens e uma família sem homens adultos estava fadada a morrer de fome.

Noemi disse, então, para as noras voltarem para suas respectivas famílias, para poderem sobreviver. Ela, Noemi, iria voltar para Israel para viver da caridade do seu povo.

Uma das noras aceitou a sugestão, mas Rute se manteve leal à sogra. A frase que disse naquele momento é daquelas que a gente não esquece: “Onde quer que fores, irei eu,... o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus” (ver Rute, capítulo 1, versículos 16 e 17).

As duas mulheres recomeçaram a vida em Israel, mendigando. Uma reviravolta dos fatos fez com que Rute acabasse casando com Boaz, rico senhor de terras. E o neto de Rute e Boaz foi o rei Davi. Ou seja, Rute acabou entrando na linhagem de Jesus Cristo.

Rute, por pura lealdade, recomeçou da forma certa e, com isto, sua vida foi mudada para muito melhor.

Recomeçar depois da perda de tudo, tudo mesmo

Jacó tinha doze filhos, mas aquele que amava era José, o penúltimo, que era um rapaz muito fora do comum. Os dez irmãos mais velhos morriam de ciúmes e acabaram por vendê-lo, como escravo. Assim, José perdeu tudo de uma vez só – o conforto do lar, a família, os amigos, etc. Com apenas dezessete anos, ficou sozinho no mundo e teve que recomeçar do zero, no Egito.

Mas ele não desesperou e manteve a confiança em Deus. Conservou também seus princípios morais e quando lhe foi pedido para fazer coisas erradas, para obter vantagens, ele se recusou. Como Deus estava com ele, José superou todas as dificuldades e acabou como o segundo homem mais importante do Egito, o país mais rico do mundo naquela época.

 

Conclusão

Se você está num momento em que é preciso recomeçar, não tenha medo. Se Deus estiver com você, como esteve com Paulo, Zaqueu, Rute e José, pode ter certeza que, independentemente das circunstâncias, você vai conseguir superar as dificuldades. Basta ir em frente e perseverar.

Não importa a razão pela qual sua vida precisa recomeçar - escolhas erradas, morte de alguém, superação do pecado, etc -, e como diz uma música muito querida dos cristãos: segura na mão de Deus e vai

—————

Voltar