EXEGESE - O ABISMO CULTURAL

25/10/2012 14:12

 

Quando as pessoas lêem a Bíblia, muitas delas costumam isolar uma palavra, frase ou parágrafo e pensam que eles significam aquilo que elas acham que significam, sem levar em conta o contexto, sendo este um dos mais graves problemas na interpretação bíblica. Se não levamos em conta o meio onde a passagem está inserida corremos o risco de interpretarmos o texto de modo equivocado. Assim necessitamos de levar em consideração tudo aquilo que antecede e/ou sucede o texto que selecionamos. Isto se dá pela diferença cultural que existe entre a nossa cultura e a cultura bíblica. Assim para entendermos a Palavra de Deus de forma adequada é preciso esvaziarmos a nossa mente das idéias, opiniões e dos métodos modernos, transportando-nos para a época e o ambiente em que o texto foi escrito. Os reformadores, ao acentuarem o retorno às Escrituras ao referirem-se à interpretação histórica estavam referindo-se ao contexto cultural em que os livros foram escritos. Assim quando analisamos o contexto de uma passagem precisamos ter em mente: O(s) versículo(s) imediatamente anterior(es) e o posterior(es); o parágrafo e o livro em que o versículo se encontra; a dispensação em que foi escrito; a mensagem de toda a Bíblia; o ambiente histórico-cultural em que foi escrito.

É de suma importância conhecer as circunstâncias que envolviam determinado livro. Portanto responda as seguintes perguntas: Quem escreveu o livro? Em que época foi escrito? O que levou o autor a escrevê-lo? A que problemas, situações ou necessidades o autor se referia? De que trata o livro? Qual é a mensagem principal? Para quem foi escrito? Quem foram os primeiros leitores do texto? São estas as perguntas que uma vez respondidas ajudarão a discernir o que está sendo dito.

Tanto os escritores como os leitores de qualquer tipo de documento são influenciados pelo contexto social em que vivem. Naum deixa claro que o profeta conhecia a cidade de Nínive. Ao lermos Colossenses vemos que a igreja local sofria a influência de uma seita filosófica e religiosa de Colossos. Lamentações só tem sentido quando lembramos que o autor escrevia um canto fúnebre lamentando a destruição de Jerusalém. As cartas escritas às sete igrejas da Ásia apresentava recompensas que levavam em conta o contexto cultural de cada cidade onde a igreja estava localizada.

Mas afinal, o que é cultura? Cultura é o conjunto de moldes de comportamento, crenças, instituições e valores sociais, espirituais, intelectuais e materiais que caracterizam uma sociedade. Ou seja é o que as pessoas pensam, crêem, dizem, fazem e produzem.

Ao lermos a Bíblia é como se entrássemos em um país estranho e ao observarmos os seus costumes podemos ficar confusos sem entendermos. É como um motorista que ao sair do Brasil para dirigir na Inglaterra, se não levar em conta a cultura do lugar terá problemas pois a mão de direção é diferente da que estamos acostumados no Brasil. Vejamos algumas passagens que exigem o conhecimento cultural para a real interpretação.

1.                Política: Porque Belsazar concedeu a Daniel a terceira posição no reino e não a segunda? (Dn 5.7,16). Qual a razão da inimizade entre Edon e Judá? Porque Boaz foi até a porta da cidade para tratar sobre o terreno de Noemi?

2.                Religião: Porque Deus enviou aquelas pragas sobre o Egito? Porque Elias enfrentou os profetas de Baal no monte Carmelo e não em outro lugar? Porque Paulo cita sobre a carne oferecida aos ídolos em Corinto?

3.                Economia: Porque Elifaz acusou a Jó de exigir penhores de seus irmãos sem motivo?

4.                Leis: Qual a essência do pedido de Eliseu feito à Elias? Quando Paulo chama a Cristo de Primogênito da criação, a que ele se referia?

5.                Agricultura: Qual o motivo de Samuel pedir chuva ao Senhor na colheita do trigo? Porque o Senhor perguntou a Jó se ele sabia onde as cabras monteses tinham os seus filhos?

6.                Arquitetura: Como Raabe poderia ter uma casa em cima da muralha? Porque os discípulos reuniam-se no cenáculo?

7.                Vestimenta: Porque Deus mandou que Jó cingisse os lombos?

8.                Vida Doméstica: Porque, em Oséias, Efraim é comparado a um pão que não foi virado? Porque Tiago disse para que ungisse os enfermos com óleo?

9.                Geografia: Porque Jesus teve de atravessar a província de Samaria? Porque Davi fugiu para En-Gedi?

10.           Estrutura Social: Qual é o significado de “Aliança de Sal”? Porque Jesus mandou os discípulos não cumprimentarem a ninguém no caminho?

—————

Voltar