A Vinda do Senhor

21/09/2012 09:37

 

A certeza da vinda de Jesus

Porque cremos que Jesus Voltará:

Jesus afirmou que Ele voltará (Jo 14.3; Mt 25.31; Ap 22.20).

Os anjos afirmaram que Jesus voltará (Antigo Testamento 1.10,11).

Os escritores da Bíblia, movidos pelo Espírito Santo, afirmam que Jesus virá (Hb 9.28 - ARC; Hb 9.27 na ARA; Jó 19.25; Is 59.20; Rm 11.26; Dn 7.13,14).

Os sinais que ora se cumprem, segundo as profecias da Bíblia atestam que Jesus virá (Mt 24.3; 16.3).

O Testemunho da Ceia do Senhor. Por Ele ordenada, assegura que Ele virá (1 Co 11.26).

Para que Jesus virá.

Ele virá para:

Levar Sua Igreja para Si (Jo 14.3);

Consumar a Salvação dos Seus (Rm 13.11);

Glorificar os Seus (Ef 5.27; Rm 8.17);

Reconhecer publicamente os Seus - louvar (1 Co 4.5)

Prender Satanás (Ap 20.1,2)

Recompensar a todos (Mt 16.27);

Ser glorificado nos Seus (2 Ts 1.10)

Ser glorificado pelos Seus (2 Ts 1.10)

Revelar mistérios que ora, tanto nos intrigam (1 Co 4.5).

Provas bíblicas de que Jesus levará para Si a Igreja, antes da Sua revelação em glória:

A Vinda de Jesus abrange duas fases distintas na Bíblia: o arrebatamento da Igreja, e a Sua volta Pessoal, em glória para livrar a Israel e julgar as nações.

Os contrastes entre as duas fases são tantos na Escritura, que se só houvesse uma (como muitos agora ensinam) seria uma contradição.

Vejamos este assunto mediante a Bíblia e com coração sincero diante de Deus:

Jo 14.3 e Cl 3.4: Em Jo 14.3, Jesus promete vir buscar o seu povo que está aqui na Terra, em Cl 3.4, a Palavra nos afirma que nós viremos com Ele, quando Ele vier. Logo, em Jo 14.3 Jesus virá para os Seus e em Cl 3.4 Jesus virá com os Seus. Para vir COM os Seus, Ele primeiro os levará para Si. Quanto à Cl 3.4 confira com Jd 14 que fala também dEle vindo COM os Seus.

1 Ts 4.17 e Zc 14.4: Em 1 Ts 4.17 Jesus vêm até as nuvens, para levar os Seus. Dos ares, Ele os levará. Em Zc 14.4 O Senhor vem, e pisará a Terra, a saber, o Monte das Oliveiras. Logo, são dois casos diferentes.

1 Co 15.52 e Mt 24.30: Em 1 Co 15.52, Jesus vem num momento, e levará os Seus para o Céu. Isso será num abrir e fechar de olhos. Em Mt 24.30, Jesus ao voltar, será visto por todos os povos da terra. Será, portanto algo lento e sobrenatural (Ver Ap 1.7) Também esta fase da Sua vinda será precedida com o “Sinal o Filho do Homem”, conforme a passagem em estudo (Mt 24.30).

1 Co 15.51: A fase da Vinda de Jesus aqui descrita é um “mistério”, isto é, o arrebatamento da Igreja, não foi revelado aos escritores do Antigo Testamento. Já a Volta de Cristo à Terra é um evento detalhadamente descrito em todo o Antigo Testamento. É o chamado Dia do Senhor Jeová, isto é, o Dia em que Ele virá a Terra para julgar as nações.

Hb 9.28 ARC e Mt 25.31-46: Em Hb 9.28 ARC, lemos que Jesus virá SEM PECADO, isto é, não para tratar do problema do pecado. Virá para os que o aguardam para a Salvação. Em Mt 25.31-46, vemos Jesus vindo para julgar e castigar o pecado, nas pessoas que tiveram prazer somente em pecar. Ler também Ap 19.11-21, onde vemos a mesma coisa.

Conclusão: Torna-se, pois, bem claro, à vista da Palavra de Deus, que há dois aspectos distintos da Segunda Vinda de Jesus.

Vejamos ainda o ensino figurado da Bíblia sobre o assunto:

Enoque, arrebatado antes do dilúvio destruidor (Gn 5.24; Hb 11.5)

Elias, transladado antes da conquista de Israel por seus inimigos (2 Re 2.11)

Ló, posto a salvo antes de Deus subverter as cidades ímpias de Sodoma e Gomorra. Jesus disse que assim será quando Ele vier (Lc 17.29,30)

José teve para si uma esposa gentílica antes da catástrofe da fome sobre a terra

José, ainda, revelou-se a seus irmãos quando estava a sós com eles (Gn 45.11). Só mais tarde é que os estranhos tomaram conhecimento do fato (Gn 45.16)

Jesus na Sua Primeira Vinda revelou-se primeiramente aos que os esperavam, como Simeão e Ana. Mais tarde, é que Ele revelou-Se publicamente na sinagoga de Nazaré (Lc 4.20,21)

Extensão da Vinda de Jesus

No seu sentido pleno, a Vinda de Jesus abrange um período de 7 anos, compreendendo os três grupos de povos em que Deus mesmo divide a raça humana: Judeus, Gentios e Igreja de Deus (1 Co 10.32).

Para a Igreja, Jesus virá como o noivo celestial, a fim de levá-la para a glória

Para Israel, Jesus virá como o seu Messias Salvador e Libertador para introduzi-lo no Milênio, o reino que sempre lhe prometeu (2 Sm 7.16; Mt 25.34)

Para os Gentios, Jesus virá como Juiz e Senhor dos Senhores, para julgá-las. Será então sua poderosa manifestação como a Deus Forte da profecia de Is 9.6

As duas fases da Vinda de Jesus

Como já foi mostrado acima, há duas fases diferentes:

O arrebatamento da Igreja: Isto concerne somente à Igreja fiel (veja item 7 a seguir)

A Revelação pessoal d’Ele: Isto concerne a Israel e as demais nações da terra, sobreviventes, naquela ocasião

Zc 12.9 - “Naquele dia procurarei destruir todas as nações que vierem contra Jerusalém”.

Zc 14.6b - “Os que restarem das nações”.

Zc 13.8,9 - Israel, então, estará também dizimado (confira Rm 9.27; Jr 50.20)

Sinais da Vinda de Jesus 1 Pe 4.7; Rm 13.11

A multiplicação da ciência (Dn 12.4)

Guerras e flagelos associados e contínuos (Mt 24.6,7)

Projeção internacional de Israel (Lc 21.29,30; Sl 102,16; Gn 49.1,8,9,10,20). Isso inclui Jerusalém, em poder de Israel (Lc 21.14,28).

Projeção do oriente Médio no cenário Mundial (Ez 38.8,16; Jr 48.47; 49.6,39; Nm 24.12). Isso inclui os árabes (Gn 17.20; 21.13).

Lutas trabalhistas, greves, colapso financeiro (Tg 5.1-4; Ap 18)

O derramamento Pentecostal mundial (At 2.17; Jl 2.28)

Multiplicação de modernistas e dos zombadores do Evangelho (2 Pe 3.3; Jd 1)

Demonismo e Feitiçaria em profusão (1 Tm 4.1; Ap 21.8; 22.15)

Materialismo generalizado - até entre os fiéis (Lc 17.26,27)

Juventude sem lei (2 Tm 3.1-5)

Piedade fingida (2 Tm 3.1-5) - Isto tem a ver com os crentes

Relaxamento moral e espiritual como na época antediluviana (Lc 17.26-30; Gn 6.5; 6.11)

Retorno dos Judeus à Terra Santa (Is 11.11,12; 37.37-41)

—————

Voltar